segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Zona de Conforto e Ganhos Secundários

"Enquanto houver cavalos, São Jorge não andará a pé."

Na vida, muitas vezes deixamos de fazer novas escolhas, renuncias, mudanças e melhorias por estarmos na Zona de Conforto. E ali se instala a insatisfação, pois não há movimentação de energia. Tudo fica estagnado, parado, sem fluxo.

E com essa força da Auto Sabotagem a gente cria medos, pretextos ou até ideias ilusórias de satisfação sobre aquela área da vida em que não ousamos mais modificar. Às vezes nós não nos damos conta de que essa falta de fluxo livre pode estar prejudicando as pessoas e a nós mesmos.
A vida é como andar de bicicleta... Se não houver o equilíbrio e a movimentação não haverá harmonia!

Quando mantemos uma situação e resistimos à mudanças, temos que refletir sobre o motivo de não aceitar a expansão, mesmo que pareça que essa mudança vá gerar algo incômodo, pois é ai que percebemos que estamos confortáveis em não querer progredir. Isso gera atrasos em nosso próprio desenvolvimento pessoal e aparência de estabilidade, conforto e segurança, que não passa de uma falsa visão para se manter imóvel.

Uma maneira muito simples de perceber se existe essa imobilidade ou limitação é questionar quais são os Ganhos Secundários por trás daquilo. Questionar a si mesmo requer ter um tempo para si, sinceridade, persistência e concentração. É um jogo consigo mesmo em que é necessário vencer o bloqueio que se disfarça de ganho para alcançar a tranquilidade interna e a realização pessoal. Fugir de se questionar ou mentir para si mesmo é permanecer no “Ofurô de cocô”, que fede... Mas é quentinho!

Esse “escape” da responsabilidade de se enfrentar garante bons ganhos como ter um motivo para não fazer algo que você não quer, ganhar alguma coisa, manipular situações, atrair das pessoas compaixão, carinho e atenção e mantê-las por perto, responsabilizar outros se posicionando como vítima, se livrar da sensação de culpa pelas coisas que fez ou deixou de fazer, etc.

A criatividade leva o ser humano a se aperfeiçoar e extrair o melhor de si, atraindo cada vez mais pessoas e situações que desenvolvam sua capacidade de se expandir que leva à realização interna, à tranquilidade e à felicidade. Os Ganhos Secundários não são nem próximos das sensações de uma pessoa livre, decidida e pronta para a vida.

Pelas Leis Universais atraímos tudo o que merecemos e precisamos para evoluirmos como ser humano e lapidarmos a nossa alma. Tenha garra para se posicionar como alguém que luta pela verdade, pelo justo, pela igualdade, pela fraternidade. Seja responsável por si mesmo, fazendo escolhas, tomando decisões, agindo com firmeza e flexibilidade, se tornando livre para ser quem você é e buscar o que você quer.


Só conquista a liberdade interna quem se responsabiliza pela vontade e pelas escolhas de buscar a própria felicidade com humildade verdadeira.

2 comentários:

  1. liguagem de corpo e leis universais? = PHD de senso comun?

    ResponderExcluir
  2. Babi, mais uma vez vc arrasou. Estou saindo da minha zona de conforto e decidi fazer uma caminhada sempre que puder. Estou tomando consciencia de q tb tenho um corpo p cuidar.

    ResponderExcluir